Pular para o conteúdo

IlustraMúsica

Ouço música em todo lugar: indo pro trabalho, trabalhando, em casa…

Meu fone de ouvido pode ser considerado uma extensão do meu próprio ouvido 🙂

Me inspiro ao ouvir música: imagino um videoclipe do que é cantado ali; interpreto uma história a partir de outra história, aquela que é cantada, musicada.

O IlustraMúsica é isso: a junção de duas paixões, a música e a ilustração.

Uma série de ilustras, que são  minha interpretação visual sobre alguma música.

Espero que você se divirta tanto quanto eu 🙂

_______________________________________________________________________

# 2 _Tanto Mar (versão II)

Houve uma época em que eu era bem inocente perante essa música: achava ela, excêntrica, vamos assim dizer. Em ritmo de fado, sua letra parecia mais uma carta cifrada enviada à alguém, e eu não entendia bem o porquê disso.

Um dia soube que ela se referia à Revolução dos Cravos – movimento que derrubou o governo ditatorial iniciado por Salazar e mantido àquela época por Marcelo Caetano – em Portugal. Plim! Caiu a ficha! por isso os cravos, o “pá” …

Tanto Mar, uma composição de Chico Buarque, teve duas versões, e sabe porquê?

A primeira foi vetada por nossa censura, em 1975  por ser considerada subversiva, já que aclamava a vitória de um movimento popular sobre uma ditadura. E nós brazucas, estávamos sob o domínio desse tipo de regime há dez anos na época.

Em um show com Maria Bethânia no mesmo ano, a música somente foi executada instrumentalmente, sem sua letra cantada. Essa versão foi editada apenas em Portugal.

A segunda versão foi uma adaptação de Chico já no ano de 1978.  Tal canção mostrava um certo descontentamento com os rumos que tal movimento tomou em Portugal. Por isso que Chico menciona que guarda um velho cravo consigo e diz que a festa, a revolução, já murchou. Você pode saber mais sobre a Revolução dos cravos neste artigo da Wikipedia.

Mesmo assim, vejo mais beleza na primeira versão do que na segunda, tomada por toda aquela euforia. Apesar da tristeza que Chico transparece nos seus versos, ele afirma que a semente daqueles novos ideais estão em algum canto do jardim português, desejando que a “terrinha” mandasse para cá o seu cherinho de alecrim da liberdade.

Dia 25 de abril a Revolução completará 37 anos. Que o povo d’além mar busque em seu jardim as sementes para renovar mais uma vez sua nação frente à grave crise que se fecha sobre o país.

Nesse vídeo Chico explica o porquê das duas versões e canta a versão II, enquanto que neste outro link você tem acesso a um vídeo onde ele canta a versão I

Na Radiouol você pode escutar o .mp3 da segunda versão.

Fontes:

http://www.chicobuarque.com.br/letras/notas/n_tantomar.htm

http://analisedeletras.com.br/chico-buarque/tanto-mar/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_dos_Cravos

http://www.youtube.com/

http://www.radio.uol.com.br/#/home

_______________________________________________________________________

# 1 _Nega do Cabelo Duro

Lançada no álbum do Planet Hemp ” Os Cães Ladram mas a Caravana não Pára“, de 1997, a música não foi escrita pela turma do D2, mas sim por 2 compositores dos anos 40 ( é, eu também fiz a mesma cara de espanto! kkk). Nunca pensei que o carnaval de quase 70 anos atrás pudesse estar tão próximo assim do rap-rock’n’roll-psicodelia-hardcore-e-ragga do Planet.

A canção é de composição de David Nasser e Rubens Soares, e foi interpretada pelos Anjos do Inferno. Tornou-se um grande sucesso naquele carnaval do ano de 1942.

Quer ouvir o áudio do Planet Hemp? O link é aqui e te leva para a Radiouol. Eu simplesmente a-do-ro a batida dessa música!

Quer tirar a poeira e ouvir o original de 42? Nesse blog aqui você ouve.

Fontes:

http://cliquemusic.uol.com.br

http://cifrantiga3.blogspot.com/

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: